Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

3 dicas para comprar cereais no supermercado


PoetenaLinha_Cozinha_lowres-62.jpg

 

E hoje é dia de...dia de... rótulos! Hoje sobre cereais de pequeno-almoço, muitas vezes incluídos na nossa alimentação, já para não dizer diariamente. Primeiro que tudo, e antes de vos falar sobre a sua composição, comecem a seguir as seguintes dicas:
 
  • Desconfiem sempre! Sabem bem que há bastantes alimentos na moda, e por isso mesmo, as marcas têm de se adaptar e produzir produtos que estejam adequados à época. 
  • Escolham sempre os mais simples: Se quiserem adicionar fruta, façam-no em casa. Se quiserem juntar sementes, façam-no em casa... etc etc...
  • Tenham em atenção os rótulos: Claro que não quero que percam um tempo infinito a olhar para os rótulos de todas as embalagens, mas hoje em dia os rótulos estão disponíveis na internet. Ou então, se já forem com os cereais que vão comprar definidos, não ponham em hipótese experimentar outros. Analisem primeiro e depois é que compram.


Agora vejamos a tabela seguinte: 




Consoante o que disse anteriormente,e se repararem, a maioria dos cereais são uma bomba de açúcar, ou seja, é fundamental que tenham atenção no momento de escolha. Se repararem, flocos de aveia é completamente diferente de granola de aveia...Vejam a diferença de açúcar presente. Se quiserem fazer granola, façam-na em casa. Podem ver uma receita de granola caseira, aqui. O mesmo para o tipo de cereais que tem chocolate, ou não. Se existir um dia em que vos esteja mesmo a apetecer, juntem vocês raspas de chocolate negro. Podem crer que é muito mais saudável.

 
Sigam a nossa página no facebook e no instagram 😍 

 

Para marcação de consultas e/ou informações:

Email: mariagama@poetenalinha.pt |

Telemóvel: +351 927 508 410

 
 
 
Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 



 
 
 
 
 

Dicas | 6 hábitos alimentares a incluir no dia-a-dia da mãe no pós-parto

sexybodyfitness-easy-and-healthy-tips-for-losing-w

 

Após o parto, a mãe dedica muito tempo à amamentação. É importante que nesta fase exista, tal como sempre, uma alimentação equilibrada, variada e completa. Por vezes existe a preocupação da mãe em perder o peso que ganhou durante a gravidez, mas esta perda de peso tem de ser sustentada e devagar.

 

  • Exagere nos legumes da refeição, não custa nada e torna as suas refeições muito mais saudáveis. Não falo de legumes cozidos, mas sim de legumes estufados, na wok ou até salteados (com pouco azeite) 
  • Prefira cereais integrais: Deixe o pão branco na prateleira do supermercado. Não pense em trazer "apenas um", que está mesmo quentinho, para aquele dia. Opte por pão de sementes, integral ou escuro. Além disso, deixe o pão de lado às refeições principais.
  • Tem de comer fruta durante o dia. Pode optar por 2 peças de fruta entre as refeições, deixando-as de lado à refeição. Se está farta de fruta fresca, porque não cozer umas maçãs ou assar umas peras? A canela como topping dá-lhe um aroma e um sabor ótimo, colmatando também a vontade do doce muitas vezes presente.
  • Integre gorduras `boas`no seu dia-a-dia: Nozes, amêndoas, cajus são alguns exemplos. Pode comer por exemplo no lanche da manhã ou da tarde.
  • Beba água. Se não lhe apetece porque os dias têm estado frios, opte por chás ou Infusões (mas claro, sem açúcar). Tem mesmo de fazer um esforço para beber líquidos. Se se esquece, comece por beber um copo de água/chá sempre antes e depois de cada refeição.
  • Não logo após, mas assim que estiver recuperada, organize-se e pense numa atividade física que gostasse de fazer. Não gosta de ginásio? Vá dar uma caminhada todos os dias. Não gosta de caminhada? Inscreva-se na natação. Não gosta de natação? Compre uma bicicleta e aproveite para dar umas pedaladas enquanto vê televisão. Há sempre opções.

 

A alimentação da mãe é fundamental também para a nutrição do bébé, pelo que se quiser perder peso, o importante é comer alimentos que lhe façam bem, e deixar de lado alimentos altamente calóricos e que não fazem bem a ninguém.

Não se esqueça que, ter uma alimentação saudável é:

  • Comer bem!!!
  • Comer todos os alimentos de forma adequada e equilibrada: Dependendo dos nossos gostos e de alguma patologia que possamos ter, podemos comer pão, cereais, lacticíneos, fruta, arroz/massa/batata, peixe/carne assada/guisada/estufada/cozida/grelhada, legumes ou saladas, frutos secos, ovos...
  • Comer frequentemente, de acordo com o nosso dia-a-dia (pequeno-almoço, meio da manhã, almoço, lanche, jantar e se necessário, ceia);
    Incluir sopa ao almoço e ao jantar (o que é que custa? Não arranjem desculpas para não comer este alimento, ou é porque está calor ou é porque ficam cheios e já não conseguem comer o segundo prato...). Irá ajudar-nos a manter a saciedade ao longo do dia. Mas, se um dia não lhe apetecer, não tem de comer!
  • Deixar de lado alimentos processados, como bolos de pastelaria, bolachas, donuts, bolicaos etc...Podem crer que isso sim, pode ficar de lado, e para sempre! Pois não faz falta nenhuma! Não comer pão e depois comer bolos?!? Não!
  • Reduzir a quantidade de gordura que utilizamos para fazer as nossas refeições;
  • Não comer pão à refeição. E porquê? Porque já comemos ou arroz, ou massa, ou batata-doce, ou grão ou feijão... Que tal deixarmos para os intervalos das refeições?

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

LOGO_HORZ_P&V.png

 

6 dicas a pôr em prática e ver resultados na sua perda de peso

Poe-te_na_Linha_Mercado-26.jpg

 

Uma alimentação saudável sugere hábitos alimentares saudáveis, e não, passar fome ou comer apenas peixe cozido/bife de peru grelhado, como se ouve diversas vezes. É importante a consciencialização dos erros alimentares que muitas vezes cometemos, no sentido de podermos mudar comportamentos, adquirindo o hábito de comer de tudo, mas de forma saudável e equilibrada, sem exageros. Com a alteração de alguns hábitos alimentares e com a sua adaptação ao dia-a-dia.

 

Muitas vezes em consulta apercebo-me da dificuldade dos pacientes em cumprir o plano alimentar, possivelmente devido à conotação que existe com o termo dieta. Apesar de a palavra dieta derivar de um termo grego "diaita", que significa estilo de vida equilibrado, em Portugal este conceito é mais associado a uma grande restrição alimentar do que propriamente a um estilo de vida ou alimentação saudável. Tento transmitir em consulta que o importante é termos uma alimentação saudável e equilibrada diária, e não passarmos por períodos de dietas restritas. É fundamental atingir um equilíbrio. 

 

Por um lado, uma dieta sugere a restrição parcial ou total de determinados alimentos, o que dificulta muitas vezes a aceitação por parte dos pacientes. Quando é necessário perder peso, não pense que tem de fazer dieta, mas sim, que tem de fazer alterações ao seu dia alimentar, que ao longo do tempo se vão tornar hábitos.

 

Que tal combinarmos introduzir um hábito saudável todos os dias? Podem ver a publicação dos objetivos semanais, pode ajudar-vos a definir a vossa semana :) 

 kb46.jpg

 

Muitas vezes o calor, ou seja, quando começamos a pensar no verão, trás uma preocupação com a perca de peso e frequentemente, com resultados muito rápidos. Mas, comece a pensar em perder peso de uma forma saudável (deixa de lado a palavra dieta). Deixe de lado as dietas yo-yo e pense em readaptar os seus hábitos alimentares e ser mais saudável.

 

Não se esqueça que para a perda de peso é fundamental que seja acompanhado por um profissional. A perda de peso é um processo demorado, com altos e baixos, com dias de motivação e outros de desmotivação. Mas faz parte! Peça ajuda e de certeza que será muito mais fácil, uma vez que o profissional de nutrição lhe irá construir um plano personalizado, de acordo com as suas preferências, dando-lhe alternativas e ideias para não estar sempre a comer a mesma coisa e muito importante..motivação! Não acredite em dietas milagrosas... Mas acredite em si e na sua força! :)

 

Antes de mais, o que acham de criarem objetivos pessoais quanto à vossa alimentação! Já pensaram nisso? Por exemplo: Começar a comer flocos de aveia 4x por semana |  Preparar os lanches da manhã e da tarde todos os dias à noite | Comer duas peças de fruta todos os dias?

 

Algumas Dicas: 

 

  • Acabe com as sobras. Dê à sua família ou aos seus colegas do trabalho. Não há desculpas para continuar a comer as sobremesas e a pensar "é só este bocadinho" quando tem festas ou jantares em casa.

 

  • Arrume a sua dispensa e o seu frigorífico e faça uma lista de compras! É fundamental para que comece a ter uma alimentação saudável e equilibrada. Se tiver os alimentos que gosta disponíveis em casa é muito mais fácil organizar-se e preparar as suas refeições diárias. Dicas para compras mais saudáveis aqui.

 

  • Aproveite o início da semana, preferencialmente o fim-de-semana, para se organizar e pensar que refeições irá fazer durante a semana. Se não gosta de tomar sempre o mesmo pequeno-almoço, pense em alternativas e deixe-as preparadas de véspera. Quanto às refeições principais, tenha em atenção se tem todos os alimentos necessários à sua preparação: ir às compras depois de um dia de trabalho é cansativo, provavelmente optamos por não ir e por comer "qualquer coisa" quando chegamos a casa.

 

  • Cozinhe de forma saudável: Para algumas dicas, vejam a publicação aqui. Prefira os grelhados, assados, estufados, mas com pouca quantidade de gordura. Quanto aos legumes, prefira os cozidos ou estufados. Deixe de lado os salteados. 

 

  • Hidrate-se! Como já referi, por vezes nos dias frios não apetece beber água, mas por isso mesmo também pode optar por chá, infusões, tisanas. Se não se lembra de beber líquidos durante o dia, coloque alarmes, post its no computador ou na secretária, e se preciso, no tablier do carro.

 

  • Para quem já pratica exercicio fisico, continuem! Para quem ainda não o faz, comecem! Que tal pensarem num objetivo, como fazer atividade fisica 3x por semana? Marquem no calendário para conseguirem cumprir esse objetivo! Praticar exercício físico não significa passar 2h no ginásio, significa mexer-se e consoante a sua disponibilidade organizar o seu tempo para não estar parado!

 

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

LOGO_HORZ_P&V.png

Partilha pessoal | A Maria e os seus hábitos semanais

2 hábitos semanais_poetenalinha_nutricionistamari

 

 

Hoje apeteceu-me falar um bocadinho sobre mim e sobre os hábitos que me acompanham semana após semana. Se houver uma partilha entre nós, com motivação mútua, é bem mais fácil seguirmos um estilo de vida saudável.

 

Exercício físico: Comecei a fazer desporto há quase dois anos, corrida, mas odiava, odiava mesmo! Com o tempo comecei a gostar e agora vejam só que fiz a meia maratona em dezembro :) Defini como objetivo anual de 2016 correr 150 dias, mas em fevereiro lesionei-me e por isso tive de deixar a corrida de lado. Assim sendo, tive de me organizar e "meter na cabeça" que tinha de ir para o ginásio (o que sempre detestei), e assim foi. No entanto, e após a lesão consegui voltar a correr (FINALMENTE) e é a minha atividade semanal. Agora, como não gosto de ginásio, vou experimentar crossfit. Ou seja, temos de pensar num exercício que gostemos, não podemos estar "obrigados" a ir sem gostar nada!

 

  • Pego na minha agenda e defino os dias em que vou correr, pois assim é mais fácil conseguir cumpri-lo. Fazer exercicio é das coisas que mais gosto de fazer atualmente e que me deixam super bem-disposta e contente. É tudo uma questão de "querer"! Se às vezes não consigo correr durante o dia, corro à noite. Dá-me um prazer imenso!
  • Organizem-se, vão às compras e preparem o saco de desporto para andar sempre com vocês no carro :) Para correr/ginásio comprei uns ténis e um casaco impermeável (para a chuva), pois era o que me faltava. Chove?!?! E então? Compre um impermeável :)
  • Não gostam/podem de correr, podem caminhar. Não gostam/podem de caminhar podem nadar. Não gostam/podem nadar podem saltar à corda. Aconselhem-se e vejam qual o tipo de desporto mais adequado a vocês. Se não têm tempo, podem fazer um mini -ginásio em casa (há imensos utensílios que podem usar, cordar para saltar, halter, tapete).

 

 

 

Organizo a semana: Por vezes o tempo é curto, o cansaço é acumulado e pensar nas nossas refeições ou nos nossos lanches/snacks não é realmente o que mais nos apetece fazer depois de um dia de trabalho. Mas na realidade, se nos organizarmos é muito mais fácil e não custa assim tanto.

  • Vou às compras todas as semanas, com uma lista preparada para não deixar para para trás (compro imensos legumes (frescos e congelados), iogurtes, queijo fresco, frutos secos, carne/peixe, fruta etc).
  • As refeições principais são sempre pensadas no dia anterior à noite, ou pelo menos tento, e ponho a descongelar o que é preciso. Se precisam de ideias de refeições podem ver aqui. Claro que por vezes têm de ser refeições muito simples porque não há tempo... Bifes de peru, bifes de frango, ovos, atum ao natural..
  • Os lanches vão sempre na marmita (desenganem-se se pensa que dá trabalho: juntar flocos de aveia, 1 iogurte e 1 peça de fruta demora 2 minutos). Ideias de lanches, aqui.
  • Legumes estufados por vezes faço em grande quantidade, congelo e fica pronto para diversos dias. O mesmo se aplica ao resto, como fazer arroz em maior quantidade, batatas-doce, pernas de frango etc...

IMG_6032.JPG

 IMG_3971.JPGIMG_3940.JPG

 

 

Almoço_PNL.jpg

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

LOGO_HORZ_P&V.png

 

Dica | 6 truques para resistir a doces durante o dia

 2017_01_Poe_te_na_Linha_Snacks_web-10.jpg

Resistir aos doces por vezes é difícil. Mas sabem que a vontade de doces (secalhar ainda mais à noite) pode estar relacionado com o que comem durante o dia? Não é ao fim da tarde/noite (quando estamos relaxados e finalmente em casa) que apetece um chocolatinho ou qualquer coisa doce? Pois...Sabem que é uma das grandes dúvidas em consulta? E que pode contribuir para o aumento de peso e além disso, contribuir para a nossa não saúde? Só nos faz mal, e temps de perceber isso! Não é só peso, é saúde minha gente! Temos de tentar arranjar estratégias para conseguir controlar a vontade de os comer.

 

O açúcar é um ingrediente que se consumido em excesso está associado à presença de diversas doenças. O açúcar aumenta a probabilidade de excesso de peso, obesidade, diabetes entre outras doenças. Por isso mesmo, temos de controlar ao máximo a quantidade de açúcar que ingerimos diariamente e termos sempre presente que este ingrediente se encontra na maioria dos produtos que consumimos diariamente, e não apenas nos bolos ou sobremesas.

 

Nas épocas festivas, nas férias ou dias especiais pode ser mais difícil controlar o que consome, uma vez que é provável que tenha sobremesas ou doces à sua frente durante quase todo o dia. Mesmo assim, há sempre forma de o evitar:

 

Dicas:

 

  • Faça várias refeições ao longo do dia: A sua fome estará mais controlada e será mais fácil que não fique cheio de fome com vontade de "comer tudo". Se não o fizer é bem mais provável que lhe apeteça um alimento menos saudável, principalmente ao fim da tarde, quando chega a casa. Agora nas férias não ande a "petiscar", tente fazer sempre entre a 5 a 6 refeições. Ideias de snacks, aqui.

 

  • Almoce bem! Se comer apenas uma sopa e uma peça de fruta é provável que comece a ter fome rapidamente e com vontade de um "chocolatinho" ou uma bolachinha! Se precisa de ideias para as suas marmitas, veja aqui. Caso os seus almoços sejam fora, veja aqui algumas dicas de como manter uma alimentação saudável. 

 

  • Arranje estratégias saudáveis para colmatar a vontade do doce: Normalmente tenho maçã sempre cozida ou pera… É só aquecer, juntar canela e já está! Pode fazer o mesmo com banana ou com pêra. Uma banana esmagada com canela é só...ótimo! Quando lhe apetecer um doce, pense e depois aja... Por vezes essa vontade dá mais à tarde, por isso mesmo, lanche logo.

 

  • Faça sobremesas em casa substituindo alguns ingredientes: Se juntar 1 iogurte natural com manga e triturar fica "mousse de manga". Pode utilizar alguns temperos que ajude a adocicar as sobremesas, como por exemplo canela. Algumas dicas para fazer sobremesas mais saudáveis, aqui.

 

  • Se for ao café peça logo um pão para o lanche: Faz com que não caia na tentação de pedir um doce ou um alimento menos saudável. Além disso, tente ficar de costas para a vitrine :) Ir ao café não significa fazer asneiras! Se costuma ir lanchar ao café, veja aqui como fazer escolhas saudáveis.

 

  • Não tenha doces em casa: Se souber que tem um chocolate na despensa, é muito mais fácil que à noite (quando está relaxado e a descansar de um dia de trabalho), vá lá "roubar" um quadradinho. Se não tiver esse tipo de alimentos em casa acaba por não os comer! Não coloque a hipótese de "se alguém vier cá a casa", se tal acontecer ofereça umas torradas e um chá. 

 

Pratique exercício físico! Pode crer que ajuda a diminuir a vontade de doces, ajuda a manter a vontade de ser saudável e ajuda na sua energia durante todo o dia :) Como sabem eu faço corrida, e por vezes também não me apetece sair de casa. MAS, depois de ir correr, de saber que me desafiei, é o melhor de sempre! É importante que para a prática de exercício físico tenham roupa/ténis adequados à modalidade. Deixo aqui alguns produtos e se carregarem nas imagens têm acesso a outros produtos da coleção:

 

Se não conseguir mesmo resistir: Atenção às quantidades! Se está habituado a comer uma fila de chocolate, comece por comer apenas dois quadradinhos. Já é um passo! Além disso, opte por comer um doce após a refeição e não ao lanche, sem nada no estômago. 

 

 Sigam a nossa página no facebook e no instagram 😍 
Para marcação de consultas e/ou informações:
Email: mariagama@poetenalinha.pt |
Telemóvel: +351 927 508 410

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde! 

LOGO_HORZ_P&V.png

Receitas | Papas de aveia com sabor a cacau

papas de aveia com cacau_poetenalinha.jpg

 

Papas de aveia foi o meu pequeno-almoço para comemorar sermos 18.000, com uma receita diferente :) Hoje com um saborzinho a chocolate. É tão fácil e tão rápido de fazer! Uma ótima forma de começar o dia! 

 

Ingredientes:

  • Três colheres de sopa de flocos de aveia;
  • 150 ml de água (podem colocar mais quantidade se gostarem das papas de aveia mais líquidas e podem utilizar leite magro ou bebida vegetal);
  • 1 colher de sopa de canela em pó;
  • 1 colher de sobremesa de sementes de chia;
  • 1/2 banana;
  • 1 colher de sopa de cacau em pó.

 

 

Modo de Preparação e Confeção:

  • Colocar os flocos de aveia, os 150 ml de água, a canela, a fibra de chia, o cacau em pó e as sementes de chia num tacho. Mexer até ficar uma mistura homógenea. 
  • Adicionar 1/2 banana esmagada ao preparado anterior.
  • Mexer bem até ganhar a consistência desejada. No entanto, se preferir as papas de aveia mais líquidas, pode adicionar maior quantidade de líquido. Cerca de 5 a 7 minutos e fica pronto.

 

Podem aproveitar e fazer papas de aveia a contar com mais dias ou até para toda a família. As manhãs já estão frias e por isso este tipo de pequeno-almoço já nos sabe bem. Podemos é ir variando o que adicionamos para não nos fartarmos. Tal como dá para pequeno-almoço, também pode ser um ótimo lanche para levarmos para o trabalho. Esta receita vai dar-me para duas vezes: pequeno-almoço de hoje e talvez o de amanhã :)

 

 

Põe-te na linha! Alimenta a tua saúde!

LOGO_HORZ_P&V.png

Pág. 1/3